fbpx

História da empresa – Storytelling

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
O que eles dizem
Subscrever à Newsletter

Fique a par das nossas novidades, subscreva à nossa newsletter.

Já ouviu falar de Storytelling?

Todas as empresas possuem uma história. Algumas marcantes e icónicas, outras simples e até mesmo corriqueiras. A história de uma empresa começa no momento em que foi idealizada pelo sue criador. O Storytelling (o contar de histórias) é a forma mais antiga de passar conhecimento através de gerações e actualmente uma das armas mais fortes do marketing digital.

Trata-se da capacidade de contar histórias de maneira relevante onde são utilizados recursos audiovisuais juntamente com palavras. É um método de promoção sem necessidade de venda directa, com um caracter muito mais persuasivo do que invasivo. Uma forma de estreitar relações entra a marca e o seu consumidor final, partilhando ideias e conhecimento através de uma narrativa.

Sabia que a Coca-Cola, marca mundialmente conhecida, nem sempre foi um refrigerante?

Coca-Cola

Alguns dos exemplos de excelentes histórias e da forma como as mesmas interagem com o seu público é a história da Coca-Cola. A história da Coca-Cola começa num laboratório farmacêutico. Não acredita? Reza a lenda que a receita da Coca-Cola foi desenvolvida como remédio para as dores de cabeça, náuseas e dores de barriga. Um revitalizante concebido pelo farmacêutico John Pemberton que nos primeiros anos, vendeu cerca de 9 unidades por dia. Não parece ser uma grande história de sucesso pois não? É aqui que se dá a reviravolta.

Um dia, o próprio farmacêutico, que adorava manipular formulas, decidiu adicionar água gaseificada, e colocar a mistura numa pequena farmácia oferecendo-a aos clientes. E não é que estes adoraram? Acharam a fórmula uma bebida refrescante de sabor fantástico.

Este é um perfeito exemplo de uma história que já se tornou uma “lenda” na nossa sociedade e que ninguém sabe bem se é verdade. Mas não é simplesmente deliciosa a noção de que a Coca-Cola começou por ser um remédio? Mas esta história não termina aqui.

Sabia que o Pai Natal veste vermelho devido à sua associação à Coca-Cola? Não acredita?

coca-cola_the_pause_that_refreshes_1931-610x697

A marca de refrigerantes começou a utilizar a imagem do Pai Natal nos seus anúncios Natalícios a partir de 1931 e foi a sua utilização que mediatizou a imagem que atualmente todos associamos ao Pai Natal: as suas vestes vermelhas. O Pai Natal, baseado na história e tradição de São Nicolau (que tem origem num bispo que viveu no século IV) já havia aparecido em algumas ocasiões vestido de vermelho, mas a figura que hoje em dia conhecemos, é sem duvida um feito da marca.

Outro exemplo de uma história conhecida cujo conteúdo é apelativo a todos nós é o das calças de ganga. A Levis, marca de calças de ganga, tecido também conhecido por “tecido de Nimes” ou jeans, surgiu após o primeiro par de calças de ganga ter sido inicialmente criado para mineiros e trabalhadores do campo.

history-of-denim2139

Estes, devido à sua extenuante atividade física, necessitavam de vestuário resistente para trabalhar e a ganga, por se revelar um tecido robusto, durável, sem necessidade de grandes cuidados, revelou-se o material ideal para eles.

Curiosidade: o primeiro lote das calças tinha, como código, o número 501. Este número acabou por dar nome ao modelo mais clássico da empresa. Embora apenas em 1886 tenha sido adicionada a etiqueta de couro, esta peça de roupa rapidamente se tornou uma das mais populares por entre homens e mulheres de todo o mundo.

Storytelling e o posicionamento no mercado

Sem dúvida que a história de uma empresa, tem um grande papel para a sua divulgação e posicionamento no mercado. Podemos assumir que para algumas pessoas a história de como uma empresa surgiu é irrelevante. No entanto é inegável que uma história de luta e vitória ao longo dos anos, transmite ao consumidor a sua verdadeira essência, cria empatia facilitando o relacionamento do cliente com a marca, que se vê incapaz de ficar indiferente.

Todas as histórias devem ser verdadeiras, se não, pelo menos, conterem um fundo de verdade. Contudo, um pouco de mistério pode ajudar a elevar os padrões de curiosidade e a sede por mais informações. A junção destes elementos, ajudam a fazer com que a empresa seja conhecida, falada, transmitida de pessoa em pessoa.

Ganhe “fama” no mercado em que está inserida, com a fomentação do “mito da história da origem”, marcando posicionamento, ganhando reputação.

Mas atenção: uma história pomposa e marcante, mas que se venha a descobrir que é falsa, terá o efeito completamente adverso, colocando a credibilidade da empresa em causa, por muito bons que sejam os produtos/serviços prestados.

Sabe como contar a história(storytelling) da sua empresa?

Há histórias que marcam pela sua originalidade, improbabilidade ou até mesmo misticismo, como vimos nos exemplos. No entanto é impossível discernir se essa é a verdadeira história da criação da empresa em questão. A verdade é que estas poderão não ser as suas histórias verdadeiras, mas os seus fundadores souberam utilizar esta “incerteza” a seu favor, incrementando a curiosidade por parte do cliente para com a empresa ao divulgar estas histórias.

Saber como contar a sua história é fundamental para a divulgação da sua empresa. As histórias mais comuns, são as das empresas familiares que passam de geração em geração, e embora possa achar que nesse caso já não há nada a fazer, desengane-se. A existência de história prévia pode ser aproveitada e limada a favor dos seus novos objectivos.

As nossas dicas para a construção e divulgação da sua história:

  • Reuna todas as informações possíveis;
  • Coloque todos os eventos por ordem cronológica;
  • Tente de uma forma simples e inspiradora, sumarizar o que o levou a criar a empresa;
  • Mostre a personalidade da empresa;
  • Não deixe nenhum detalhe ao acaso;
  • Utilize imagens para contar a sua história. Uma imagem vale mais que mil palavras;

Já tem um nome, uma historia, está pronto a começar a sua empresa? Já pensou numa forma visual de fazer com que as pessoas associem a sua empresa, produtos e serviços?

No próximo artigo, conheça algumas dicas para a construção de um logotipo capaz de ficar na mente dos seus clientes.

Artigos Relacionados

Está a gostar do artigo?

Subscreva à nossa newsletter e receba dicas e truques para melhorar a presença online da sua empresa!

Traduzir >
marketing-plan-P8R52RX
Receba 15% de desconto nos nossos serviços, subscrevendo à nossa newsletter.